Zélia Duncan fala sobre sua emoção ao ouvir Chico Chico, filho de Cássia Eller

Zélia emocionou os fãs com uma declaração à amiga publicada em seu perfil no Instagram. Revelação da MPB, Chicão dividiu com a cantora a programação do Festival Sesc de Inverno em Três Rios. Confira o texto:

Ei, Cássia…do meu quarto de hotel, ouço Chico cantar, no palco, logo ali. Depois dele, mais tarde,  sou eu…de repente senti uma pontada no coração, uma coisa fulminante, uma saudade aguda, uma melancolia. Um pedaço seu, bem ali, sabe? Eu não convivo com ele, mas é impossível não sentir proximidade, quando ouço ou vejo uma foto, ou um vídeo por aí. Agora é assim, a gente pode esbarrar uns com os outros a qualquer hora e nos momentos mais inesperados, pela internet. Mas eu esbarro com Chicão sem ele saber, muitas vezes, na vida real. Ele passa pelo Aterro, que é meio meu quintal, um lugar onde vou muito pra correr. Ele passa de bicicleta, havaianas, bermuda. Vento no rosto, que parece sempre estar longe de tudo, pensando profundamente ou apenas existindo por aí. Os olhos são doces e sempre um pouquinho fechados, o cabelo é enrolado, cresce pra cima, lindo. Ele é todo lindo, Cássia e tem um sorriso que lembra o seu, uma timidez que parece a sua e uma voz que saiu da sua garganta. Mas é só dele. Ele compõe e toca violão, de um jeito muito singular e visceral. É, herdou isso de você sim, mas do jeito dele. Ele anda com os próprios pés e traz você com ele, tá na cara! E é tão bonito de se constatar isso. Ele canta com uns amigos talentosos. Outro dia vi uma matéria na casa deles, não sei se ainda estão no mesmo lugar, mas era tipo uma comunidade. Muito astral. E lembra você com sua banda, que não conseguiam muito se desgrudar. Quando eu esbarro com ele, esbarro com a gente, é inevitável. Demoro uns minutos pra voltar ao momento em que estava. Mas é que eu sinto falta de esbarrar com você. Agora vou parar de te escrever, pra ouvir seu filho cantar. Tudo é um, tudo é resto de alguém…é o que tenho dito por aí. Lá vem ele…